[dica de viagem] Como (não) perder o avião

 Oi pessoal! Como eu já contei, contei e recontei, eu fui junto com a minha melhor amiga para os Estados Unidos no final do ano passado. Passei natal e ano novo por lá e me apaixonei pelo país. Durante meu passeio a correria era fato e eu fiz alguns posts no meu diário de viagem. Dá pra conferir eles aqui.
 Mas tem algumas coisas que eu não contei pois as novidades eram muitas, e quando cheguei no Brasil eu só queria comer essa comida boa que nossa pátria amada tem e ficar com as pessoas que eu amo. Depois voltei a rotina normal e pode parecer que é exagero mas não tive tempo de contar detalhes da viagem ;/      Detalhes que eu acho que ajuda quem viaja pra fora (ou dentro) do país, principalmente sozinho. O post vai ser longo mas vai valer a pena. E está oficialmente aberto a nova tag do blog 'Dica de viagem', e quando eu falo isso não é de lugares para visitar e sim de dicas que garantem uma viagem tranquila que as vezes na hora esquecemos. 

 Tenho amigos por lá então planejamos ir por conta. Claro que pra tirar visto, passaporte e passagens aéreas contamos com a ajuda da World Tour que nos orientaram em tudo!


Bom, eu e a Jack saímos de Curitiba dia 21/12/2011 com destino final em Sacramento na Califórnia. Fizemos conexão em Guarulhos e partimos pro EUA 1:55 a.m. Nossa, não chegava nunca! Depois de 13h voando, fizemos mais uma conexão em Dallas no Texas. Esperamos mais cerca de 3h e quando já estávamos sentadas pra decolar, a comissária avisou que tinham problemas técnicos e não tinha previsão da hora que iamos sair de Dallas. Pois é, é ai que começa nossa ultra aventura. Como começou a demorar demais a espera e eu enchia o saco da moça do balcão de informação o tempo todo, nós resolvemos dar uma voltinha pelo aeroporto. Comemos, tomamos Starbucks, comemos de novo, compramos presentes. Ai decidimos voltar porque VAI que o avião já tá pronto?!
Nesse momento vemos a comissária de bordo aparece correndo na nossa direção gritando: -WHERE ARE YOU?! 
Pensa nas duas loucas correndo com carrinho e tudo antes de ser deixadas para trás. No fim deu certo e conseguimos finalmente chegar em Sacramento :D
Dessa vez deu certo...





 Bom, a primeira dica é: esteja preparado para o fuso horário. Eu me dei muuito mal com ele, eram 12h de diferença pro Brasil e eu não consegui dormir no avião. Na verdade só no final da viagem que eu tava me acostumando com essa bendita troca de horário. No natal, a galera tava se divertindo e eu morta no sofá dormindo haha.


 Dica 2: Além do fuso, as estações são trocadas. Saímos daqui num calor infernal de uns 30º Chegamos lá quase a 0º, então dependo de onde você for, vá preparado para trocar de roupas, adicionar ou tira-las.

 Dica 3: Eu fiz algum tempo de inglês, a Jack não falava na-da da língua. Quando eu falo que foi uma aventura, foi mesmo! Procure aprender pelo menos algumas palavras do idioma do país que você vai. Ela providenciou um guia de vocabulário pra pelo menos se virar caso não tivesse comigo por qualquer motivo. E atenção, não só 'hello', 'bye' e 'the book is on the table' queira aprender, mas palavras para se localizar, achar um endereço ou sinalizar alguma dúvida. Achei os americanos muito educados, fechados mas simpáticos. Eles percebem que não falam a mesma língua e procuram falar mais devagar e ajudar quando não lembramos das palavras.

 Dica 4: apesar de ser extremamente chato tomar um chá de cadeira, procure ficar SEMPRE perto do portão de embarque. Parece óbviu? Então vou terminar de contar a história...




Passamos natal em Sacramento, curtimos nossos amigos que moram por lá e no nosso roteiro de viagem estava programado um voo de Sacramento para Los Angeles direto no dia 2 de Janeiro. Mas decidimos passar a virada do ano em Las Vegas e fomos de carro. Aí ligamos e cancelamos SÓ a passagem do dia 2. E passamos beeem faceiras o reveillon - clica pra ver o post de Las Vegas.
De lá fomos de carro pra Los Angeles e ficamos lá até o fim da viagem. Quando fomos pegar o avião de volta pra cá, eu não conseguia de jeito nenhum fazer o chck-in. Chegamos 2h antes como manda o figurino mas até eu conseguir uma pessoa da America Airlines que me orientasse no que tava acontecendo. A única coisa que eu sabia e que eles não paravam de repetir era: você perdeu seu voo, vocês não vão embarcar!
Pânico reinou e de fato não voamos. Só uma hora depois eu entendi que quando você cancela um dos voos, automaticamente os outros são desativados. [me avisaram que isso poderia acontecer mas na hora eu lembrei?]
Tinha que ter chego beeem antes pra ativar tudo de novo. Resultado: não tinha mais voo naquele dia pra Dallas, e pra tentar resolver o problema fomos fazer escala em Miami, desiludidas porque torramos tudo no dia anterior pensando que fosse o último. Depois disso gente, eu pirei. Chegamos no aeroporto de Los Angeles as 11:30 e nosso voo era só 21:30 da noite - peguem suas calculadoras para terem uma noção da quantidade de horas que ficamos sem fazer nada.
Ir pra Miami deu tudo certo e a ficha começou a cair quando bateu o desespero pra avisar a família que íamos chegar 1 dia depois do previsto.




Enquanto esperávamos em Los Angeles, já quase sem saco pra nada, gravamos um vídeo - tamanho era o tédio. Depois disso, só queríamos saber de ir embora. 
[nossa cara de tédio é a melhor]

video

 Chegamos as 5:20 a.m. em Miami, queria ter saído e conhecido a cidade, mas o cansaço era demais! Ficamos perto do terminal de embarque mas mais perto do balcão de informação. O voo era só as 20:30 então a gente ficou esperando só em Miami umas 15h ._. E agora que vem a 'bestage': depois de tudo isso de espera, antes de irmos embarcar decidimos fazer uma boquinha ali perto. Claro que eu fiquei de ouvido aberto pra caso anunciassem algo a gente saia correndo né?!
 Pois bem, chegamos no balcão de informações da sala de embarque, e muito calmamente o cara me disse: -Senhora Deus e senhora Alves, vocês perderam o avião. 
 Sim meu bem, perdemos MESMO o avião de volta pro Brasil e aí sim o desespero reinou. Depois de muito custo, muita choradeira, conseguimos um voo pro Rio as 23h. 
 Então aqui vai minha 5º dica: decore a dica 4! Se a espera for demasiadamente longa como foi a nossa - alguém ai calculou quantas horas de espera?  - COLE sua bunda na cadeira 2h antes do voo. Gente, parece besteira e até burrice nossa, mas o cansaço, a falta de informação, o fuso [que além de ser diferente do Brasil, de Miami pra Los Angeles também é diferente], as lojas, os free-shop, tudo colabora pra que você se distraia, caia no tédio e vaze de onde você nunca deveria ter saído. Tivemos sorte de não ter pago a taxa de $200 que eles cobram quando a pessoa não embarca, pois a moça das informações ficou observando a gente o tempo todo, já que estávamos ali ao lado dela quase todo tempo. Muita sorte! [percebeu que tanto no Texas quanto em Miami nos salvamos por ficar bem visível aos atendentes?!]


Gentem, esse foi só um pedacinho da loucura (da boa) que foi essa viagem. Já vou preparar o próximo post (: Alguém ai já passou algo parecido?
Um beijo especial pra Jack que mesmo não falando na-da inglês na hora do choro entendia mais que eu haha, amo você ame!


Bom restinho de semana! ;*


Comentários

  1. Carambaaaaa Núbiaaaa! Que loucura! Quantas confusões pra uma viagem só! Detalhe que a maioria das confusões foram na volta... Eu pirava! haha Ainda mais sendo em outro país, outro idioma... Mas adorei as dicas! Acredita que nunca viajei de avião? Mas achei ótimas, principalmente pra pessoas como eu, que nunca se aventuraram assim por terras tão tão distantes..hahahaha

    Beijos beijos beijos!

    ResponderExcluir
  2. Amei o post ame, só nos duas sabemos o desespero que passamos rsrs, bjim tbm te amo xuxu ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

conta pra tia qq achou do post <3

Postagens mais visitadas